domingo, 31 de março de 2013

Aula ENEM: Cultura Material e imaterial; patrimônio e diversidade cultural no Brasil.


No Odysseus Cursos a Matriz de Referência para as Ciências Humanas e suas tecnologias é amplamente discutida com nossos alunos e alunas. Aproveitamos e compartilhamos com vocês nossa primeira aula: Cultura Material e imaterial; patrimônio e diversidade cultural no Brasil. 
Bom estudo!

Disciplina: História
Professora: Andreia Mendes

Conceito de Cultura
Para pensar o conceito de cultura precisamos defini-la dentro de sua pluralidade e polifonia. A cultura brasileira é representada por um conjunto de produções materiais e espirituais que refletem a diversidade do próprio povo brasileiro.
Desde a formação do Brasil que as culturas indígena, europeia e africana se fundiram em diversas práticas, ritos e saberes. Três matrizes étnicas (RIBEIRO, 2006) realizaram a primeira construção cultural no sentido de uma unidade e das suas relações dialéticas surgiram outros “Brasis”.
Cultura é um conceito antropológico, pois os homens e mulheres fazem parte de uma cultura que já existia antes deles e que continuará existindo quando eles se forem. A cultura humana é marcada pela diversidade, pois cada povo, grupo, ou geração possui suas próprias práticas culturais e elaboram diferentes dinâmicas sociais. Assim, a cultura é um aspecto de uma realidade social distinta.  Os conhecimentos, saberes, fazeres, ideias e crenças de um povo são o seu patrimônio e devem ser valorizados e preservados.
O primeiro passo é reconhecer a cultura como plural e pensar a mesma dentro dos aspectos apontados por Alfredo Bosi em sua obra Dialética da Colonização: enquanto uma herança tanto de valores espirituais quanto de objetos da cultura material ou imaterial que são compartilhados por um grupo relativamente coeso.
O que é patrimônio cultural
Segundo a declaração de Caracas (1992), “o patrimônio cultural de uma nação, de uma região, ou de uma comunidade é composto de todas as expressões materiais e espirituais que lhe constituem, incluindo o meio ambiente natural”.
O patrimônio cultural compreende o conjunto de bens materiais ou simbólicos que formam a identidade de um grupo ou de um povo. Para Circe Bittencourt, o patrimônio abrange bens culturais históricos, ecológicos, artísticos e científicos.
Tipos de patrimônio
Patrimônio histórico
Estes bens são importantes pois contam a história de cada geração, através das construções, das formas de vestir, dos objetos usados, dos tipos de móveis que encontramos ou que eram encontrados nas casas, além dos documentos como cartas, testamentos, alvarás, incluindo também a produção material artística.
Patrimônio cultural
É o conjunto de bens materiais e imateriais que expressam os saberes e fazeres de um grupo ou de um povo. Os exemplos são a culinária local, as crenças religiosas, as crendices populares, as danças e festas, as formas de falar e as expressões utilizadas.

O patrimônio imaterial
“Engloba os saberes e ofícios, as formas de expressão, os lugares de sociabilidade e as festas e celebrações populares. É um retrato vívido da alma do povo, das suas formas de sentir, de saber, de fazer”. Coleção Patrimônio Cultural Potiguar, vol. 6.
Patrimônio natural/ ambiental
Caracterizado pela relação entre os homens com o meio ambiente que os cerca. Sabemos que o homem através do trabalho modifica a natureza e cria o que chamamos de cultura. Entretanto é importante o homem conhecer o patrimônio natural/ambiental e também reconhecer que a sua preservação significa a preservação da própria cultura humana.

Diversidade cultural brasileira
Matriz étnica indígena
Matriz étnica lusitana
Matriz étnica africana
“Brasis”
Brasil caboclo
Brasil sertanejo
Brasil caipira
Brasil crioulo
Brasil sulista
ATIVIDADE
1-    Interprete o seguinte trecho do texto:
“Em termos de formação econômica-social, se pode dizer que essas faces do Brasil rústico se plasmaram como produtos exógenos da expansão europeia, que as fez surgir dentro de uma formação agrário-mercantil-escravista, bipartidas em implantes citadinos e contextos rurais mutuamente complementares, estratificados em classes sociais antagônicas, ainda que também funcionalmente integradas”.
RIBEIRO, Darcy. O povo brasileiro. p.247.

MATRÍCULAS ABERTAS: 3272-9473

Nenhum comentário:

Postar um comentário